TRABALHOS de ARTES DECORATIVAS em: Madeira, Vidro, Velas, Chacota, Arte Floral, Eva, Patchwork, Pintura, Fotografia e Scrapbooking

Segunda-feira, 06 de Agosto de 2012

Nas ruas onde passo,

Ando triste e solitário...

Vagando no mundo sozinho...

Com um coração partido em mil pedaços...

 

Pensei que meus pensamentos eram meus amigos,

Mas até eles me abandonaram...

Nesse mundo eu estava sozinho,

Nesse mundo eu estava solitário...

 

Gritei desesperado...

Mas ninguém me ouvia...

Um corpo escuro e com trevas...

Uma alma negra e sombria.

 

Perto do abismo vi uma luz a brilhar...

Tentei saber o que era, mas era muito forte que não pude enxergar...

Tentei chegar mais perto...

Consegui, me aproximar...

E vi que essa luz maravilhosa,

Era o brilho do teu olhar.

 

(Wilson)

                                       >>>>>>><<<<<<<

                                       >>>>>>><<<<<<<

 

publicado por artedasao às 14:52

pesquisar
 
Agosto 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9





Últ. comentários
Olá Maria da Conceição!Encontrei ao acaso o seu bl...
Gostei imenso... De encontrar esses versos soltos ...
Maravilhosa tarde de segunda-feira para ti doce am...
Muito interessante!! Eu nunca tinha visto jarros c...
Uma fotografia muito linda!! Adoro pavões!!
Mais um belo poema e uma fotografia perfeita!!
Gostei muito deste poema!! Verdadeiramente encanta...
Muito linda
Ouvir o eco de nossas próprias palavras nos dá a i...
Belo poema, imagem ainda melhor!Dylan
Últ. comentários
Olá Maria da Conceição!Encontrei ao acaso o seu bl...
Gostei imenso... De encontrar esses versos soltos ...
Maravilhosa tarde de segunda-feira para ti doce am...
Muito interessante!! Eu nunca tinha visto jarros c...
Uma fotografia muito linda!! Adoro pavões!!
Mais um belo poema e uma fotografia perfeita!!
Gostei muito deste poema!! Verdadeiramente encanta...
Muito linda
Ouvir o eco de nossas próprias palavras nos dá a i...
Belo poema, imagem ainda melhor!Dylan
subscrever feeds

SAPO Blogs


Universidade de Aveiro