TRABALHOS de ARTES DECORATIVAS em: Madeira, Vidro, Velas, Chacota, Arte Floral, Eva, Patchwork, Pintura, Fotografia e Scrapbooking

Segunda-feira, 24 de Dezembro de 2012

(Avenida dos Aliados)

 

                                  >>>>>>>>>><<<<<<<<<<

 

 

                                  >>>>>>>>>><<<<<<<<<<

 

A Cidade do meu amor

 

A Cidade do meu amor,

Era simples no seu sonhar.

O casario em fileiras, ruas enfeitadas de flores

E, um jardineiro generoso a capinar,

Não permita que, viessem a brotar

Em meio a tanta beleza, os espinhos das dores.

 

Como eram floridos os jardins da minha Cidade...

E o bom jardineiro, de tudo, cuidava com carinho.

As flores, em seus muitos matizes, à beira do caminho,

Faziam da pedregosa estrada, mais curta e suave!

 

Antes que o teu amor nela fizesse morada

Parecia uma Cidade de contos de fada

Sem tristeza, sem lágrimas, sem mágoa

E de portas abertas à felicidade!

 

Mas, o vento impetuoso do teu amor

Em pouco tempo, cobriu o meu mundo de dor

Deixando a minha bela e florida Cidade

Imersa nas cinzas venenosas da saudade!

 

(Josenete Dantas)

 

publicado por artedasao às 11:15

pesquisar
 
Dezembro 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9





Últ. comentários
Olá Maria da Conceição!Encontrei ao acaso o seu bl...
Gostei imenso... De encontrar esses versos soltos ...
Maravilhosa tarde de segunda-feira para ti doce am...
Muito interessante!! Eu nunca tinha visto jarros c...
Uma fotografia muito linda!! Adoro pavões!!
Mais um belo poema e uma fotografia perfeita!!
Gostei muito deste poema!! Verdadeiramente encanta...
Muito linda
Ouvir o eco de nossas próprias palavras nos dá a i...
Belo poema, imagem ainda melhor!Dylan
Últ. comentários
Olá Maria da Conceição!Encontrei ao acaso o seu bl...
Gostei imenso... De encontrar esses versos soltos ...
Maravilhosa tarde de segunda-feira para ti doce am...
Muito interessante!! Eu nunca tinha visto jarros c...
Uma fotografia muito linda!! Adoro pavões!!
Mais um belo poema e uma fotografia perfeita!!
Gostei muito deste poema!! Verdadeiramente encanta...
Muito linda
Ouvir o eco de nossas próprias palavras nos dá a i...
Belo poema, imagem ainda melhor!Dylan
subscrever feeds

SAPO Blogs


Universidade de Aveiro