TRABALHOS de ARTES DECORATIVAS em: Madeira, Vidro, Velas, Chacota, Arte Floral, Eva, Patchwork, Pintura, Fotografia e Scrapbooking

Sexta-feira, 12 de Abril de 2013

(Caixa em Latão Pintada e Trabalhada com imagens 3D)

 

                                 >>>>>>>>>><<<<<<<<<<

 

 

                                 >>>>>>>>>><<<<<<<<<<

 

Já procurei um ombro amigo e encontrei, as costas.

Já procurei o calor de um amor e encontrei a frieza de um homem.

Já menti para ter um amor, e encontrei o melhor amor que alguém pode encontrar.

Já falei a verdade, e descobri que a verdade tem duas faces, uma boa e uma ruim.

Já pedi perdão, quando na verdade não havia o que ser perdoado.

Já tentei lutar contra meus sonhos e acabei sonhando mais alto ainda, e caindo cada vez mais e mais.

Já quis só abraçar, tocar sentir o cheiro, e recebi um não.

Já chorei de saudades e descobri que nunca existiu nada para eu sentir saudades.

Já fui feliz em meio as tempestades.

Já fui a felicidade de alguém, hoje eu sou a lembrança triste daquilo que não aconteceu.

Já fiz planos, e descobrir que planos não passa de planos, até que um dia, você pare de planejar e comece a realizar.

Já um Eu Te Amo de descobrir que o amor só existe nas palavras.

Já disse Eu Te Amo e ouvi o silêncio.

Já pedi uma chance para recomeçar e ouvi um não posso.

Já desejei ser outra pessoa e descobri que eu posso ser a melhor pessoa do mundo, desde que eu seja sempre eu mesma.

Já arrependi de ter feito, e de não ter continuado até o fim.

Já pedi pra ser amada e recebi a indiferença.

Já chutei o balde, e descobri que o balde tinha mais coisas que eu imaginava.

Já briguei comigo mesma, por pensar tanto em alguém, e descobrir que era inútil tentar não pensar.

Já quis amor olhando nos olhos, beijando na boca, fazer carinho, dizer Eu te amo baixinho e no fim ficar abraçada, e descobri que os homens não fazem amor e sim sexo, que olhar nos olhos, beijo na boca, carinho, abraço e eu te amo esta fora de moda, eles preferem ter uma boa pegada e fazer o melhor sexo da noite.

Já procurei a felicidade e descobri que ela existe no momento em que não conseguimos ver um palmo há frente do nariz.

Já busquei apoio e encontrei a solidão.

Já dei risadas de raiva e chorei de alegria.

Já me calei para ouvir quando a minha vontade era fazer ser ouvida.

Já fui impaciente, hoje espero paciente por um gesto de carinho.

Já errei muito, hoje tento aprender com meus erros para não comete-los novamente.

Já engoli um choro e desejei boa sorte.

Já pensei que nunca mais iria conseguir ser feliz novamente, e hoje procuro não pensar em nada para conseguir ser feliz novamente.

Já desistir de ter o amor, passei a me contentar com o pouco que você sente por mim.

Já pensei que nunca mais iria-me levantar do tombo, e descobrir que eu sou mais forte que o tombo que levei……

 

(Maria)

 

publicado por artedasao às 12:52

pesquisar
 
Abril 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Últ. comentários
Olá Maria da Conceição!Encontrei ao acaso o seu bl...
Gostei imenso... De encontrar esses versos soltos ...
Maravilhosa tarde de segunda-feira para ti doce am...
Muito interessante!! Eu nunca tinha visto jarros c...
Uma fotografia muito linda!! Adoro pavões!!
Mais um belo poema e uma fotografia perfeita!!
Gostei muito deste poema!! Verdadeiramente encanta...
Muito linda
Ouvir o eco de nossas próprias palavras nos dá a i...
Belo poema, imagem ainda melhor!Dylan
Últ. comentários
Olá Maria da Conceição!Encontrei ao acaso o seu bl...
Gostei imenso... De encontrar esses versos soltos ...
Maravilhosa tarde de segunda-feira para ti doce am...
Muito interessante!! Eu nunca tinha visto jarros c...
Uma fotografia muito linda!! Adoro pavões!!
Mais um belo poema e uma fotografia perfeita!!
Gostei muito deste poema!! Verdadeiramente encanta...
Muito linda
Ouvir o eco de nossas próprias palavras nos dá a i...
Belo poema, imagem ainda melhor!Dylan
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro