TRABALHOS de ARTES DECORATIVAS em: Madeira, Vidro, Velas, Chacota, Arte Floral, Eva, Patchwork, Pintura, Fotografia e Scrapbooking

Terça-feira, 25 de Setembro de 2012

Piodão (Arganil)

                                       »»»»»»»»»«««««««

                                       »»»»»»»»««««««««

Canção da tarde no campo

Caminho do campo verde

Estrada depois de estrada.

Cerca de flores, palmeiras,

Serra azul, água calada.

 

Eu ando sozinha

No meio do vale.

Mas a tarde é minha.

 

Meus pés vão pisando a terra

Que é a imagem da minha vida:

Tão vazia, mas tão bela,

Tão certa, mas tão perdida!

 

Eu ando sozinha

Por cima de pedras.

Mas a tarde é minha.

 

Os meus passos no caminho

São como os passos da lua;

Vou chegando, vai fugindo,

Minha alma é a sombra da tua.

 

Eu ando sozinha

Por dentro de bosques.

Mas a fonte é minha.

 

De tanto olhar para longe,

Não vejo o que passa perto,

Meu peito é puro deserto.

Subo monte, desço monte.

 

Eu ando sozinha

Ao longo da noite.

Mas a estrela é minha.

 

(Cecília Meireles)

 

 

 

publicado por artedasao às 12:43

pesquisar
 
Setembro 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
15





Últ. comentários
Olá Maria da Conceição!Encontrei ao acaso o seu bl...
Gostei imenso... De encontrar esses versos soltos ...
Maravilhosa tarde de segunda-feira para ti doce am...
Muito interessante!! Eu nunca tinha visto jarros c...
Uma fotografia muito linda!! Adoro pavões!!
Mais um belo poema e uma fotografia perfeita!!
Gostei muito deste poema!! Verdadeiramente encanta...
Muito linda
Ouvir o eco de nossas próprias palavras nos dá a i...
Belo poema, imagem ainda melhor!Dylan
Últ. comentários
Olá Maria da Conceição!Encontrei ao acaso o seu bl...
Gostei imenso... De encontrar esses versos soltos ...
Maravilhosa tarde de segunda-feira para ti doce am...
Muito interessante!! Eu nunca tinha visto jarros c...
Uma fotografia muito linda!! Adoro pavões!!
Mais um belo poema e uma fotografia perfeita!!
Gostei muito deste poema!! Verdadeiramente encanta...
Muito linda
Ouvir o eco de nossas próprias palavras nos dá a i...
Belo poema, imagem ainda melhor!Dylan

blogs SAPO


Universidade de Aveiro