TRABALHOS de ARTES DECORATIVAS em: Madeira, Vidro, Velas, Chacota, Arte Floral, Eva, Patchwork, Pintura, Fotografia e Scrapbooking

Domingo, 17 de Fevereiro de 2013

(Uma das minhas exposições na Trofa, com vários trabalhos)

 

                                   »»»»»»»»»»««««««««««

 

 

                                   »»»»»»»»»»««««««««««

 

Cinco Coisas

 

Eram cinco pessoas: aquele que se sentia amado, o que acredita no sucesso e era bem-sucedido, o incrédulo que em nada cria, o justíssimo que clamava a igualdade e o que acreditava na verdade.

Muito bem: analisemos as cinco distintas pessoas acima:

Em um dia ensolarado, saiu o que se sentia amado, pela esposa, pelos filhos, pelos amigos….Ele sentia-se completo, exigia de seus subordinados máxima destreza e era infalível com horários. Buscava sempre o melhor de todos, fazendo com que todos quisessem dar seu melhor…. Todavia, um dia encontrou o incrédulo, que em nada cria e este, lhe disse, amado, tens um problema?

Qual, perguntou ao incrédulo? Mesmo sentindo-se amado, ilustre, sensato, não dá a reciprocidade daquilo que sentes, oprime ao máximo aqueles que te rodeiam e te sente amado…. Mas pelo quê? Pela tua beleza? Competência?

Mediante isso, o amado contesta o incrédulo: diz-se isso, por que em nada acredita! Por que és infeliz em tua incredulidade e assim deseja que os outros o sejam!

Neste momento, entra na sala o justíssimo, escutando a profecia e interfere: Ambos são iguais, de formas opostas, concluo, pois nem tu amado dá a reciprocidade ao alheio e, menos ainda tu, incrédulo, acredita em alguma coisa….

Feliz, sou eu, que justamente compreende a vida e faço justiça quando necessito, colocando cada um em seu lugar… de forma exemplar…. 

Entrementes, o bem-sucedido invade a reunião ao escutar tamanha discussão e logo interpela: Amado e não ama? Incrédulo e crê que alguém precisa mudar? Justo que busca a igualdade, mas prevê que todos são iguais, não levando em conta as diferenças individuais... Estão todos vocês loucos…. Certo, estou eu, que sou bem-sucedido, pois nada, julgo em tudo creio e amo a medida que sou amado……

Ouvindo um barulho à porta, os quatro homens viraram-se e notaram a entrada daquele que acreditava na verdade e, então, perguntaram-lhe: O que você acha a respeito disso tudo?

Passado um minuto de reflexão explanou: Acho que na verdade, só se é amado quando existe em nós a capacidade de amar e, para que isso ocorra, é necessário acreditar em algo, seja no que for, até mesmo no ar que respiramos e, mesmo que não possamos vê-lo (o ar), simplesmente, não podemos julgar sua inexistência prévia…. Assim, só haverá sucesso como ser humano e seres bem-sucedidos em nossos corações, quando todos vossos elementos estiverem equilibrados sobre uma mesma visão e entendimento, dessa forma, quando vossas bocas se abrirem, somente uma será proferida:

"O amor à vida somente se dá na crença de sermos justos connosco antes de julgar os demais e, o sucesso em nossos actos depende exclusivamente da forma verdadeira em como lidamos connosco primeiramente, para depois atingirmos aos demais"……

 

Pensem….

 

(João Francisco da Costa)

 

publicado por artedasao às 13:33

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



pesquisar
 
Fevereiro 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9





Últ. comentários
Olá Maria da Conceição!Encontrei ao acaso o seu bl...
Gostei imenso... De encontrar esses versos soltos ...
Maravilhosa tarde de segunda-feira para ti doce am...
Muito interessante!! Eu nunca tinha visto jarros c...
Uma fotografia muito linda!! Adoro pavões!!
Mais um belo poema e uma fotografia perfeita!!
Gostei muito deste poema!! Verdadeiramente encanta...
Muito linda
Ouvir o eco de nossas próprias palavras nos dá a i...
Belo poema, imagem ainda melhor!Dylan
Últ. comentários
Olá Maria da Conceição!Encontrei ao acaso o seu bl...
Gostei imenso... De encontrar esses versos soltos ...
Maravilhosa tarde de segunda-feira para ti doce am...
Muito interessante!! Eu nunca tinha visto jarros c...
Uma fotografia muito linda!! Adoro pavões!!
Mais um belo poema e uma fotografia perfeita!!
Gostei muito deste poema!! Verdadeiramente encanta...
Muito linda
Ouvir o eco de nossas próprias palavras nos dá a i...
Belo poema, imagem ainda melhor!Dylan
subscrever feeds

SAPO Blogs


Universidade de Aveiro