TRABALHOS de ARTES DECORATIVAS em: Madeira, Vidro, Velas, Chacota, Arte Floral, Eva, Patchwork, Pintura, Fotografia e Scrapbooking

Quinta-feira, 31 de Outubro de 2013

Podemos julgar o coração de um Homem pela forma como ele trata os animais.

(Immanuel Kant)

 

                 >>>>>>>>>><<<<<<<<<<



                 >>>>>>>>>><<<<<<<<<<


O Boi

 

Quando ainda no céu não se percebe a aurora,

E ainda está molhando as árvores o orvalho,

Sai pelo campo afora

O boi para o trabalho.

 

Com que calma obedece!

Caminha sem parar:

E o sol, quando aparece,

Já o encontra, robusto e manso, a trabalhar.

 

Forte e meigo animal! Que bondade serena

Tem na doce expressão da face resignada!

Nem se revolta, quando o lavrador, sem pena,

Para o instigar, lhe crava a ponta da aguilhada.

 

Cai-lhe de rijo o sol sobre o largo cachaço;  

Zumbem moscas sobre ele, e picam-no sem dó;

Porém, indiferente às dores e ao cansaço,

Caminha o grande boi, numa nuvem de pó.

 

Lá vai pausadamente o grande boi marchando...

E, por ele puxado,

Larga e profundamente o solo retalhando,

Vai o possante arado.

 

Desce a noite. O luar fulgura sobre os campos.

Cessa a vida rural.

Há estrelas no céu. Na terra há pirilampos.

E o boi, para dormir, regressa ao seu curral...

 

(Olavo Bilac)

 

publicado por artedasao às 12:04

Quinta-feira, 26 de Setembro de 2013

(Um olhar do Monumento aos Heróis da Guerra Peninsular na Rotunda da Boavista que começou a ser construído em 1909 e foi inaugurado em 1951 da autoria do Arquitecto Marques da Silva e do Escultor Alves de Sousa)

 

                 >>>>>>>>>><<<<<<<<<<



                 >>>>>>>>>><<<<<<<<<<


 

Fábula: O Leão e o Rato

 

Certo dia, estava um Leão a dormir a sesta quando um ratinho começou a correr por cima dele. O Leão acordou, pôs-lhe a pata em cima, abriu a bocarra e preparou-se para o engolir.

 

- Perdoa-me! - Gritou o ratinho - Perdoa-me desta vez e eu nunca o esquecerei. Quem sabe se um dia não precisarás de mim?

 

O Leão ficou tão divertido com esta ideia que levantou a pata e o deixou partir.

 

Dias depois o Leão caiu numa armadilha. Como os caçadores o queriam oferecer vivo ao Rei, amarraram-no a uma árvore e partiram à procura de um meio para o transportarem.

 

Nisto, apareceu o ratinho. Vendo a triste situação em que o Leão se encontrava, roeu as cordas que o prendiam.

 

E foi assim que um ratinho pequenino salvou o Rei dos Animais.

 

Moral da história: Não devemos subestimar os outros.

 

(Jean de La Fontaine)

 

publicado por artedasao às 12:18

Sábado, 20 de Julho de 2013

(Gatos são criaturas gloriosas – que não podem, de modo algum ser subestimadas. Seus olhos são profundezas inexpugnáveis dos mistérios felinos)

(Lesley Ann Ivory)

 

                 >>>>>>>>>><<<<<<<<<<



                 >>>>>>>>>><<<<<<<<<<


 

Eu triste sou calada 

 

Eu brava sou estúpida

 

Eu lúcida sou chata

 

Eu gata sou esperta

 

Eu cega sou vidente

 

Eu carente sou insana

 

Eu malandra sou fresca

 

Eu seca sou vazia

 

Eu fria sou distante

 

Eu quente sou oleosa

 

Eu prosa sou tantas

 

Eu santa sou gelada

 

Eu salgada sou crua

 

Eu pura sou tentada

 

Eu sentada sou alta

 

Eu jovem sou donzela

 

Eu bela sou fútil

 

Eu útil sou boa

 

Eu à toa sou tua.


 

(Martha Medeiros)

 

publicado por artedasao às 12:14

Quarta-feira, 06 de Fevereiro de 2013

(Esquilo passeando no Parque de Campismo de Árvore)

 

                                  >>>>>>>>>><<<<<<<<<<

 

 

                                  >>>>>>>>>><<<<<<<<<<

 

O Coração

 

O coração tem seu lado funcional

Qualquer um tem, basta ser animal

Sendo o coração, inimigo da razão

Necessário para a emoção

 

Mas não diga isso,

Que eu tenho um compromisso

Pois sei que terei ele

Mesmo que não queira

 

Associado ao amor

Ele cheira a uma flor

Se eu puder doá-lo,

O farei com prazer

Tentarei não magoá-lo

Para não o perder

 

Quando ele parar,

Não sei o que vou fazer

Mastigarei a minha alma

Para entender o meu ser.

 

(João Henrique dos Santos Jorge)

 

publicado por artedasao às 11:49

Quarta-feira, 23 de Janeiro de 2013

(Mãe e Filho no Parque Nacional da Peneda Gerês - Maravilha de Portugal)

 

                                >>>>>>>>>><<<<<<<<<<

 

 

                                >>>>>>>>>><<<<<<<<<<

 

Cavalos

 

Fortes e corajosos,

Destemidos e maravilhosos,

Exuberantes e queridos,

Deslumbrantes e coloridos,

Força, beleza e destreza,

São eles da natureza.

 

De belas pelagens,

De bonitas imagens,

De encanto delicado,

De olhar incomparável,

E de carinho adorável.

 

Beleza excepcional,

Força descomunal,

Coração gigante,

Inteligência brilhante.

 

Maravilhosos,

Corajosos,

Fiéis, obedientes.

Belos e singelos,

Lindos num gesto

De amor.

 

(Dannala)

 

publicado por artedasao às 11:21

Sexta-feira, 09 de Novembro de 2012

Charrete na Cidade de Guimarães

 

                                  »»»»»»»»»»««««««««««

                                  »»»»»»»»»»««««««««««

 

Além de eles serem animais lindos, imponentes e que transmitem força e respeito, eles são animais que podem ser muito fiéis se você souber conquistar sua cooperação e seu coração. Um cavalo pode ser seu melhor amigo. Ele pode-te ouvir quando ninguém mais ouve; quando você estiver triste um bom galope vai-te animar. Se você conquistar o coração de um cavalo, você terá um amigo para toda a vida.

Um cavalo jamais te vai deixar na mão, nunca te vai fazer chorar, a não ser que ele se vá; um cavalo, mesmo estando cansado, machucado, quase sem forças pra continuar, vai persistir com você aonde você for, não te vai abandonar no meio do caminho, ele vai ficar lutando ao seu lado até que suas forças acabem definitivamente. Um cavalo será fiel a ti em todo o momento, ele não vai, nunca, te trocar por outra pessoa; ele vai ser tudo pra você.

É inexplicável como um animal tão poderoso pode se tornar tão submisso a nós, humanos. Mas é com amor e não com violência ou impaciência que se conquista a fidelidade de um cavalo. Você tem que merecer a amizade dele, tem que mostrar que vai dar a mesma amizade que ele te vai oferecer.

Um cavalo não vai se importar se você é rico ou pobre, branco ou negro, são ou louco. Ele não vai reparar se você pinta as unhas, arruma o cabelo ou se veste com roupa de marca. Ele vai-te amar pelo que você é, e não pelo que aparenta ser ou pelo que tem. Ele não te vai exigir presentes caros, o seu carinho e algumas cenouras já serão o suficiente para fazê-lo feliz. Não vai ter que se preocupar em agradá-lo. O fato de ter um bom dono já o agrada.

Um cavalo nunca vai mentir para você, nunca será falso. Ele não vai se deixar iludir por promessas falsas ditas por pessoas falsas. Ele não vai trocar você por um final de semana na praia, um passeio ou uma ida cinema com os amigos. Ele vai fazer o bem para você sem querer nada em troca, coisa difícil de achar nos dias de hoje. Um cavalo sempre estará disponível para falar com você, não importa a hora do dia.

Ele vai-te ouvir, não importa quão loucas sejam as suas teorias. Suas respostas, muitas vezes silenciosas, te darão conforto. O olhar sincero dele quando você está indo embora vai fazê-lo sentir a amizade e o amor que existe entre vocês. Ele vai fazer você sentir que é alguém, mesmo quando nada é. Ele que vai ter segurar no planeta quando der vontade de morrer. Ele só terá olhos pra você.

Ele se tornará o amor de sua vida, ou o motivo de haver amor em sua vida. Quando mais ninguém se lembrar de você, quando não houver quem te dê valor, ele vai pôr o focinho em seus ombros, te mostrando que ele se importa com você. Você esquecerá todas as suas mágoas quando estiver com ele, e se não as esquecer, ele vai-te ensinar a esquecer.

Muitas vezes meu cavalo é o único que sabe, me fazer feliz, me dar valor, me compreender. Por isso gosto tanto deles. Cada cavalo é único, cada um possui manias e personalidades diferentes. É isso que faz deles tão especiais pra mim. Um cavalo mudou minha vida. Se permitir, um deles poderá mudar a sua também.

 

(Nayeeh)

 

 

publicado por artedasao às 10:38

Terça-feira, 24 de Julho de 2012

É muito comum circular pelas redes sociais fotos de cães e gatos mal tratados ou que precisam de adopção.
Estas acções são nobres com estes seres vivos em apuros. Na verdade, nenhum ser vivo merece isso...

Mas o que você está fazendo com o seu semelhante?

Ser humano não precisa de adopção?

As crianças não precisam de amparo e alimentação?

Você não se solidariza, pois elas são mais "difíceis de adestrar"?

Você finge "Cegueira Social" pois eles não se contentam apenas com ração e água?

Você chama atenção para os animais, pois (ainda) não existe "Hotéis para crianças “na qual quando você viaja ele ficaria lá?

Com tristeza, percebo que o ser humano não compreende (ou foge da compreensão) que o cãozinho de amanhã precisará ser cuidado pela criança de hoje.

Não maltrate nem desampare nenhum ser vivo, mas NUNCA ESQUEÇA que o ser humano faz parte desta fauna.

Diga não ao desamparo e a violência infantil.

 

(Cléber Martins)

                                           »»»»»»»«««««««

                                           »»»»»»»«««««««

publicado por artedasao às 11:36

pesquisar
 
Abril 2015
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24

26
27
28
29
30


Últ. comentários
Olá Maria da Conceição!Encontrei ao acaso o seu bl...
Gostei imenso... De encontrar esses versos soltos ...
Maravilhosa tarde de segunda-feira para ti doce am...
Muito interessante!! Eu nunca tinha visto jarros c...
Uma fotografia muito linda!! Adoro pavões!!
Mais um belo poema e uma fotografia perfeita!!
Gostei muito deste poema!! Verdadeiramente encanta...
Muito linda
Ouvir o eco de nossas próprias palavras nos dá a i...
Belo poema, imagem ainda melhor!Dylan
Últ. comentários
Olá Maria da Conceição!Encontrei ao acaso o seu bl...
Gostei imenso... De encontrar esses versos soltos ...
Maravilhosa tarde de segunda-feira para ti doce am...
Muito interessante!! Eu nunca tinha visto jarros c...
Uma fotografia muito linda!! Adoro pavões!!
Mais um belo poema e uma fotografia perfeita!!
Gostei muito deste poema!! Verdadeiramente encanta...
Muito linda
Ouvir o eco de nossas próprias palavras nos dá a i...
Belo poema, imagem ainda melhor!Dylan
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro