TRABALHOS de ARTES DECORATIVAS em: Madeira, Vidro, Velas, Chacota, Arte Floral, Eva, Patchwork, Pintura, Fotografia e Scrapbooking

Sábado, 26 de Outubro de 2013

Os poderosos podem matar uma, duas ou três Rosas, mas jamais conseguirão deter a Primavera inteira. 

(Che Guevara)


                 >>>>>>>>>><<<<<<<<<<



                 >>>>>>>>>><<<<<<<<<<


 

Rosas Vermelhas

  

Numa tarde maravilhosa

Tu vieste-me visitar

E nas mãos com um buquê de rosas

De presente a me ofertar

 

Um buquê de rosas vermelhas

Significado da paixão

A cor que simboliza o amor

E o sentimento de um coração

 

A rosa vermelha é a minha preferida

A Rosa vermelha... É pura paixão

E com ela nos cabelos meus é apenas sedução

 

Já que com rosas tu vieste

Com as pétalas delas me banharei

Esperando-te vestindo pétalas, apenas pétalas vestirei!!!


(Cláudia Ferreira de Souza)



publicado por artedasao às 10:34

Segunda-feira, 19 de Agosto de 2013

Leilão de Jardim

Quem me compra um jardim com flores? Borboletas de muitas cores, lavadeiras e passarinhos, ovos verdes e azuis nos ninhos?

(Cecília Meireles)

 

                >>>>>>>>>><<<<<<<<<<



                >>>>>>>>>><<<<<<<<<<


 

 

 

Último Soneto

 

 

Que rosas fugitivas, foste ali!

Requeriam-te os tapetes, e vieste...

--- Se me dói hoje o bem que me fizeste,

É justo, porque muito te devi.

 

Em que seda de afagos me envolvi

Quando entraste, nas tardes que apareceste!

Como fui de percal quando me deste

Tua boca a beijar, que remordi...

 

Pensei que fosse o meu o teu cansaço ---

Que seria entre nós um longo abraço

O tédio que, tão esbelta, te curvava...

 

E fugiste... Que importa? Se deixaste

A lembrança violeta que animaste,

Onde a minha saudade a Cor se trava?...

 

(Mário de Sá-Carneiro)


publicado por artedasao às 12:47

Terça-feira, 18 de Dezembro de 2012

(Arame Farpado Enrolado)

 

                               >>>>>>>>>><<<<<<<<<<

 

 

                               >>>>>>>>>><<<<<<<<<<

 

ARAMES FARPADOS

 

O amor quando vem e aplaca seu coração é porque já dominou tua mente, tomou conta de seus sentidos, e retirou de ti a rara calma de uma vida sem novidades...

Teu corpo é tomado por calafrios, teu coração vibra acelerado na simples lembrança da figura amada, te transformas em um guerreiro, dribla a covardia de toda uma vida, sente-se indiferente as convenções, esquece a moral e ultrapassa os limites...

Teu amor não vê fronteiras, distâncias ou estado cível, ele é impulsivo e atrevido, é inocente e possessivo...

Pelo amor, te lanças de uma montanha sem lembrar do pára-quedas, te jogas no oceano sem sequer saber nadar, entra na jaula de um leão faminto e o, doma com um simples olhar...

Mas ao ser desprezado, chora, revolta-se, deseja a morte, experimenta o ódio promete vingança...

Esquece nunca ter recebido um olhar em troca uma palavra de incentivo ou um mero gesto de carinho

Abnega a realidade

Pois em tua versão aquele amor é recíproco...

Alimenta a dor, corre atrás, insiste, grita, remexe a ferida...

Derrotado, lastima-se, insurgi, saboreia o sofrimento, isola-se na solidão e, perdido destrói a rosa que representava aquela paixão...

Sente seu coração cercado por arames farpados que a qualquer minúsculo rompante, qualquer bater mais excitado será mortalmente ferido e verá junto com o sangue vertido o amor imprudente que para ti continua mal resolvido.

 

(Janna Teixeira)

 

publicado por artedasao às 14:17

Sábado, 20 de Outubro de 2012

                                     »»»»»»»»««««««««

                                     »»»»»»»»««««««««

A rosa vermelha, a mais doce e desejada entre todas as outras, simboliza o amor.

A rosa vermelha, a mais amena e admirada. Donaire tem sua cor.

 

Quando acompanhadas por rosas brancas,

O ramalhete assume vigor de união.

Um buquê dotado de esperanças,

Colecciona olhares de admiração.

 

Apresentando tons escuros, referem-se a uma inconsciente beleza;

''Não saia de perto de mim...'' -lhe diz a mãe Natureza.

 

Olhares fixam-se a elas,

E elas meigas e sensuais,

Tornando-se ainda mais belas

Para fixarmos mais.

 

Pétalas da paixão, ao serem contempladas, despertam suave prazer ao coração.

Pétalas da paixão, quando desabrochadas, narram terna e divina gratidão.

Pétalas da paixão fazem-me lembrar centelhas em noite de escuridão.

Pétalas da paixão, essência que motiva um eclipse da dor no coração.

 

Bonitas e espampanantes,

Lembrando belos amantes.

Chamativas e perfumadas,

Para lindas horas esperadas.

 

(Paloma Fernanda)

 

 

publicado por artedasao às 10:52

Sexta-feira, 06 de Abril de 2012

 

"Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho,
Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!"

Machado de Assis

 

 

                                           »»»»»»» 

 

Estas Rosas foram plantadas no Meu pequeno Jardim,

tratadas, colhidas e fotografadas por mim.

 

Contemplando estas Maravilhas da Natureza

Desejo a todos uma Páscoa Feliz!

publicado por artedasao às 11:46

pesquisar
 
Abril 2015
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24

26
27
28
29
30


Últ. comentários
Olá Maria da Conceição!Encontrei ao acaso o seu bl...
Gostei imenso... De encontrar esses versos soltos ...
Maravilhosa tarde de segunda-feira para ti doce am...
Muito interessante!! Eu nunca tinha visto jarros c...
Uma fotografia muito linda!! Adoro pavões!!
Mais um belo poema e uma fotografia perfeita!!
Gostei muito deste poema!! Verdadeiramente encanta...
Muito linda
Ouvir o eco de nossas próprias palavras nos dá a i...
Belo poema, imagem ainda melhor!Dylan
Últ. comentários
Olá Maria da Conceição!Encontrei ao acaso o seu bl...
Gostei imenso... De encontrar esses versos soltos ...
Maravilhosa tarde de segunda-feira para ti doce am...
Muito interessante!! Eu nunca tinha visto jarros c...
Uma fotografia muito linda!! Adoro pavões!!
Mais um belo poema e uma fotografia perfeita!!
Gostei muito deste poema!! Verdadeiramente encanta...
Muito linda
Ouvir o eco de nossas próprias palavras nos dá a i...
Belo poema, imagem ainda melhor!Dylan

blogs SAPO


Universidade de Aveiro