TRABALHOS de ARTES DECORATIVAS em: Madeira, Vidro, Velas, Chacota, Arte Floral, Eva, Patchwork, Pintura, Fotografia e Scrapbooking

Quinta-feira, 03 de Abril de 2014

(Echarpe de seda pintada á mão)

 

                  >>>>>>>>>><<<<<<<<<<

 

 

 

                   >>>>>>>>>><<<<<<<<<<

 

 

QUERO

 

Quero ser a cura para as sua feridas,

O lenço que enxuga suas lágrimas,

O remédio que fecha suas cicatrizes.

 

O sorriso do seu dia-a-dia,

O Brilho dos seus olhos,

O adormecer da sua noite.

 

Quero ser aquela primeira amiga que vem na sua mente,

O primeiro abraço pro seu aconchego,

O beijo que você deseja.

 

Quero ser a causa do seu tormento,

E ser a única que pode tirá-la,

Aquela que você lembrará sempre.

 

Quero ser sua confidente,

O colo que procuras,

A calma que não acha.

 

Quero ser sua amiga,

Quero ser sua cura,

Quero ser o canto seu.

 

Desejo muito mais que minhas próprias palavras,

Quero muito mais que meus próprios sentimentos,

Algo que tentamos expressar através de palavras,

Mas não há palavras que expliquem o tamanho verdadeiro.

Mas não há palavras que expliquem o verdadeiro significado.

 

(Lais Y. T.)

 

 

publicado por artedasao às 18:58

Segunda-feira, 03 de Fevereiro de 2014

(Travessa em Vidro com Técnica de Pintura Encáustica)

 

                 >>>>>>>>>><<<<<<<<<<

 

 

 

                 >>>>>>>>>><<<<<<<<<<

 

 

Pequeno grande mundinho

 

 

 

Quando saímos do nosso

 

Grande pequeno mundinho,

 

Percebemos que há um outro

 

Bem maior e mais vivo.

 

Que existem outras pessoas.

 

Que há delírios, conflitos,

 

Problemas maiores que o nosso.

 

E que bastaria

 

Não uma tempestade

 

Mas uma simples brisa

 

Para varrê-los como poeira.

 

Mas o que importa os outros?

 

Estamos presos a nós mesmos.

 

Problemas todos os têm.

 

Que cada um fique com os seus.

 

É assim que pensamos,

 

E voltamos para o nosso

 

Pequeno grande mundinho,

 

Para a nossa redoma de vidro,

 

Onde a qualquer momento

 

Uma pedra será lançada.

 

 

(Ricardo Ohara)

 

publicado por artedasao às 16:06

Terça-feira, 07 de Janeiro de 2014

(O Meu Último Trabalho de Pintura em 2013) "ONDA"

 

                 >>>>>>>>>><<<<<<<<<<

 

 

 

                 >>>>>>>>>><<<<<<<<<<

 

 

Dentro de Mim

 

 

O que está dentro de mim

 

Está dentro de mim

 

Ninguém arranca

 

Se eu não quiser

 

Ninguém me tira do chão

 

Ou me faz descer das nuvens

 

Se eu não me dispuser

 

A navegar meus rios

 

A contemplar meus desvarios

 

A devastar meus mares

 

A conhecer em mim diferentes lugares

 

Cubro-me de sonhos

 

Ventilados pela poesia

 

Que cintilam no céu da nostalgia

 

Há dissabores e lágrimas

 

Agarrados às minhas saias

 

Também encontro ondas de amor e alegria

 

Percorrendo as minhas praias

 

Não é assim o vai e vem do mar da vida?

 

Escrevo sobre o que salta das minhas areias

 

Até encontrar a saída

 

 

(Úrsula A. Vairo Maia)

 

 

tags: ,
publicado por artedasao às 17:29

Domingo, 27 de Outubro de 2013

(O meu último trabalho em Pintura "O Palheiro")

 

                   >>>>>>>>>><<<<<<<<<<

 

Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira. Deixe de ser quem era, e se transforme em quem é. Torna-te uma Pessoa melhor e assegura-te de que sabes bem quem és tu próprio. E lembra-te: Tudo o que chega; chega sempre por alguma razão

(Fernando Pessoa)

 


                   >>>>>>>>>><<<<<<<<<<



                  >>>>>>>>>><<<<<<<<<<


 

Nas Cidades a vida é mais pequena

Que aqui na minha casa no cimo deste outeiro.

Na Cidade as grandes casas fecham a vista à chave,

Tornam-nos pequenos porque nos tiram o que nossos olhos nos podem dar

E tornam-nos pobres porque a nossa única riqueza é ver

 

(Alberto Caeiro)

 

tags:
publicado por artedasao às 12:39

Sexta-feira, 18 de Outubro de 2013

(Com esta Técnica de Pintura as peças são Únicas)

 

                 >>>>>>>>>><<<<<<<<<<



                 >>>>>>>>>><<<<<<<<<<


 

Como Inútil Taça Cheia

 


Como inútil taça cheia

Que ninguém ergue da mesa,

Transborda de dor alheia

Meu coração sem tristeza.

 

Sonhos, de mágoa figura

Só para Ter que sentir

E assim não tem a amargura

Que se temeu a fingir.

 

Ficção num palco sem tábuas

Vestida de papel seda

Mima uma dança de mágoas

Para que nada suceda.

 

(Fernando Pessoa)

 

publicado por artedasao às 12:44

Domingo, 06 de Outubro de 2013

 (A minha última Pintura)


A arte é a manifestação de tudo que vemos e vivemos. Não podemos nos interagir no mundo sem conviver com algum tipo de representação artística ou cultural. A começar com a própria natureza que é a mais significante de todas as artes. A relação entre a arte e a cultura forma um conceito de pensamento, de ideia e de objectividade. Portanto, sintéticamente, a cultura está ligada à Arte e Arte à Cultura.         


(Leandro Flores)           

 

                  >>>>>>>>>><<<<<<<<<<



                  >>>>>>>>>><<<<<<<<<<


 

Cuidado

 

Quero plantar flores nos caminhos por onde passar

construir pontes pra você cruzar

derrubar muros para que possa atravessar

pintar o céu de estrelas pra te iluminar

renovar sua esperança quando você desanimar

estar presente em dias de festa pra comemorar

mas, principalmente em dias de pranto pra te abraçar

quero dias de sol pra passear e de chuva pra gente brincar

quero parceria, sintonia, melodia, poesia

quero sua alegria (sorrisão) assim que acordar

colo pra te ninar

Anjo pra te guardar.

 

(Renata Fagundes)

publicado por artedasao às 23:50

Sexta-feira, 04 de Outubro de 2013

(Mais uma arte que vou desenvolver, pinturas abstractas de Echarpes, Lenços e Saídas de Praia em Sedas)

 

       >>>>>>>>>><<<<<<<<<<



       >>>>>>>>>><<<<<<<<<<


 

"O tempo é quem pinta os desenhos da vida, e os que não foram pintados é porque não precisam ser pintados, mas sim apagados e isso, é você quem faz"

 

(L. Antonio Cardoso)

 

publicado por artedasao às 12:00

Domingo, 29 de Setembro de 2013

(Uma das Minhas Últimas Pinturas, intitulada "Dançando em Pontas")

 

                  >>>>>>>>>><<<<<<<<<<

 

(A Dança não se faz apenas Dançando, mas também Pensando e Sentindo: Dançar é estar Inteiro.)

(Klaus Vianna)

 

                 >>>>>>>>>><<<<<<<<<<



                 >>>>>>>>>><<<<<<<<<<


 

A Bailarina

 


O sorriso estampado em seu rosto

esboça a leveza em seu corpo;

na ponta dos pés, graciosa.

 

Serena, pura, vaidosa;

seu charme firme estremece;

meu coração que queima e aquece.

 

Seu sorriso que marca na mente;

o beijo selado ardente;

que destrói imagens da solidão

 

Enquanto pisa no chão;

se solta, toca o meu coração.

 

(Ighor Mattos Granado.)


publicado por artedasao às 14:39

Quinta-feira, 11 de Julho de 2013

(As Três Rosas Mais Uma Das Minhas Pinturas)

 

 

(Os poderosos podem matar uma, duas ou três rosas, mas jamais conseguirão deter a primavera inteira.)

(Che Guevara)

 

                    >>>>>>>>>><<<<<<<<<<



                    >>>>>>>>>><<<<<<<<<<


 

Fumo

 

 

Longe de ti são ermos os caminhos

 

Longe de ti não há luar nem rosas

 

Longe de ti há noites silenciosas

 

Há dias sem calor, beirais sem ninhos

 

 

Meus olhos são dois velhos pobrezinhos

 

Perdidos pelas noites invernosas

 

Abertos sonham mãos cariciosas

 

Tuas mãos doces, plenas de carinho

 

 

Os dias são Outonos: choram, choram

 

Há crisântemos roxos que descoram

 

Há murmúrios dolentes de segredo

 

Invoco o nosso sonho, entendo os braços

 

 

E é ele oh meu amor, pelos espaços

 

Fumo leve que foge entre os meus dedos.

  

(Florbela Espanca)

 

publicado por artedasao às 13:38

Quinta-feira, 18 de Abril de 2013

(Este quadro de Uvas foi a minha primeira pintura)

 

                                  >>>>>>>>>><<<<<<<<<<

 

 

                                  >>>>>>>>>><<<<<<<<<<

 

Vida Vivida

 

À batida do tambor

O horror da traição

Uma taça de vinho sobre a mesa

Uma meia largada no chão

 

A simplicidade da vida

A complicação no amor

E a experiência com a dor

Forma uma vida bem vivida

 

Não aprendi a lidar com as diferenças

Fui obrigado a aceitar as consequências

Não tive medo das verdades e muito menos das mentiras

Mas de onde veio tanta expiração?

 

Se em seu coração não havia nenhuma menina!

E se não a achei, foi azar.

Mas se pude encontrá-la não posso negar,

Que a competência teimou a acompanhar-me!

 

Não sei se foi ingratidão,

Ou compaixão de sua parte.

Modéstia á parte, você me surpreendeu com sua bela face!

Como a arte de Picasso e com o coração revestido de aço.

 

(Hudson Charles)

 

publicado por artedasao às 14:21

Terça-feira, 16 de Abril de 2013

(Pintura tridimensional com moldura) 

 

                                 >>>>>>>>>><<<<<<<<<<

 

 

                                 >>>>>>>>>><<<<<<<<<<

 

Toda pintura, por mais bela que seja,

sem uma moldura é uma pintura e nada mais,

falta-lhe brilho e formosura.

Depois de uma moldura,

uma pintura não é mais uma pintura,

é uma obra de arte.

Assim é o nosso rosto sem um sorriso.

Por mais belo que seja o nosso rosto,

sem um sorriso é um rosto e nada mais.

Com um sorriso, o nosso rosto não é apenas um rosto,

é um retracto de nossa mais expressiva beleza.

Experimente fazer uma plástica automática nesse rosto:

SORRIA!

 

(Nilson Soares)

 

publicado por artedasao às 13:31

Sexta-feira, 15 de Março de 2013

(Taça em vidro trabalhada com técnica das "BUBBLES")

 

                                >>>>>>>>>><<<<<<<<<<

 

 

 

                                >>>>>>>>>><<<<<<<<<<

 

“Paredes de vidro...”

 

Mais uma vez me vejo só

Em uma sala com paredes de vidro

E nesta solidão, me vem uma dor

Olho as paredes, e nelas me vejo reflectido.

 

Na parede, tento minha face tocar

Sinto o frio do vibro em minhas mãos

Então, sinto algo a me sufocar

É uma dor forte o que sinto, é solidão.

 

Nesta solidão, me lamento,

Por não conseguir meus olhos ver

Que choram em descontentamento.

Sinto-me fora de meu ser.

 

Vejo pessoas do outro lado

Se parecem com as paredes frias

Em seus mundos vivem isolados

Indiferentes, vivem em apatias.

 

Procuro um rosto amigo

Alguém que eu possa pelo vidro a mão tocar

E com este toque me cause alivio

Por estas paredes de vidro quebrar.

 

(Marcelo G.S)

 

publicado por artedasao às 12:19

Segunda-feira, 17 de Dezembro de 2012

(Caixa com Colagem e Pintura)

 

                                 >>>>>>>>>>><<<<<<<<<

 

 

                                 >>>>>>>>>><<<<<<<<<<

"Eu sou...

 

Eu sou os livros que leio, os lugares que conheço, as pessoas que amo.

Eu sou as orações que faço, as cartas que recebo, os sonhos que tenho.

Eu sou as decepções por que passei, as pessoas que perdi, as dificuldades que superei.

Eu sou as coisas que descobri, as lições que aprendi, os amigos que encontrei.

Eu sou os pedaços de mim que levaram, os pedaços de alguns que ficaram, as memórias que trago.

Eu sou as cores de que gosto, os perfumes que uso, as músicas que ouço.

Eu sou os beijos que dei, sou aquilo que deixei e aquilo que escolhi.

Eu sou cada sorriso que abri, cada lágrima que caiu, cada vez que menti.

Eu sou cada um dos meus erros, cada perdão que não soube dar, cada palavra que calei.

Eu sou cada conquista alcançada, cada emoção controlada, cada laço que criei.

Eu sou cada promessa cumprida, cada calúnia sofrida, a indiferença que se formou.

Eu sou o braço que poucas vezes torceu, a mão que muita outra se estendeu, a boca que não se calou.

Eu sou as lembranças que tenho, os objectivos que traço, as mudanças que sofrerei.

Eu sou a infância que tive, sou a fé que carrego e o destino que reinventei."

 

(Autor desconhecido)

 

publicado por artedasao às 12:27

Sexta-feira, 30 de Novembro de 2012

Pintura de Minha Filha Marieta

 

                          >>>>>>>>>>><<<<<<<<<

 

 

                          >>>>>>>>>><<<<<<<<<<

 

Levanto-lhe a tampa e ela dança só para mim.

Leve e solta rodopia ao som da mesma música dia após dia.

Baixo a tampa e volto a levanta-la de repente e ela repete.

O mesmo gesto com um sorriso no rosto de quem o faz por gosto.

Penso arrancá-la dali. Tirar-lhe um peso das costas.

Quem sabe tem vontade de ir embora...

Sem saber se vai voltar.

Mas, depois de todo este tempo a viver ao mesmo compasso….

Será ela uma menina indefesa ou uma mulher madura?

A duvida persiste solta-la para quê??.

A vida não é mais do que uma caixinha de música que nos faz dia a dia dançar ao mesmo ritmo,

Que nos acena e enche de promessas mas ao final de cada dia voltamos a fechar a tampa e no dia seguinte voltamos ao mesmo ritmo com o mesmo sorriso no rosto de quem o faz por gosto.

Não; não te vou poder tirar.

Não te vou encher de promessas.

Porque a vida é isso mesmo, uma caixinha onde cada um segue a mesma dança dia após dia.

O meu grande mal e de todas nós, é que nos contentamos com pouco e com medo de enfrentar o desconhecido!

 

(Divine)

 

publicado por artedasao às 11:05

Segunda-feira, 22 de Outubro de 2012

Trabalhada com técnica de mergulho e pintura metálica

 

                                     »»»»»»»»««««««««

                                     »»»»»»»»««««««««

 

RECEITA DE BELEZA

 

Eis aqui uma boa receita para melhorar sua aparência, sem uso de cosméticos.

Para seus lábios use: "VERDADE"

Para sua voz use: "ORAÇÃO"

Para seus olhos use: "SIMPATIA"

Para suas mãos use: "CARIDADE"

Para sua atitude use: "PERDÃO"

Para seu coração use: "AMOR"

"Procure manter um sorriso durante todo tempo, aprenda a obter da vida

A alegria, dividindo-a com os outros."

"Lembre-se sempre que: A beleza está nos olhos de quem vê,

A beleza interior é que te coloca bem fisicamente."

 

SEJA FELIZ!

 

(Blandinne)

 

publicado por artedasao às 12:29

Sábado, 04 de Agosto de 2012

Hoje

Apetece-me oferecer-te flores

Sem motivo, só porque me apetece

Escolhi as mais bonitas,

Simples mas belas

Molhadas com pingos de chuva

São flores só para ti

Colhidas por mim

Numa montanha que ninguém nunca subiu

Numa região onde o sonho é verdadeiro

Elevado e inspirado

Que enche o coração

Ilusão sensação e sonho

Onde... Eu sou eu

Num império de horas desiguais

Onde eu te espero

E se tu me quiseres do jeito que eu sou

Vem....

Dou-te parte do meu coração

E vou aonde tu fores, sem perguntas

Eu espero-te na transparente solidão do ar

Ou em qualquer lugar

Em qualquer estação seja inverno ou verão

Se tu me quiseres....

Mesmo sabendo que é só ilusão

Seja saudade ou não

Se tu me quiseres...

Do jeito que eu sou

E vieres do jeito que tu és

A estrada começa aqui e não tem fim

 

(Divine)

                                        >>>>>>><<<<<<<

                                        >>>>>>><<<<<<<

 

Este é o meu último trabalho em Pintura

 

 

publicado por artedasao às 13:46

Quarta-feira, 25 de Julho de 2012

Já parou para pensar em quanto uma garrafa de vinho é algo filosófico? O homem pode aprender muito com uma garrafa de vinho, mais do que com muitas pessoas. O vinho para ser concebido, primeiro precisa-se preparar o terreno, depois plantar, cuidar e zelar pelo que plantou para assim colher bons frutos. Logo após se extrai dos frutos o que se tem de melhor descartando tudo aquilo que não presta, e quando se acha que tudo está bem coloca-se em uma garrafa e com o passar dos anos é só ficar melhor. Prepare seu terreno com conhecimento, plante suas ideias, zele pelo que plantou com trabalho, colha os frutos, extraia tudo de bom (experiência) e coloque tudo em uma garrafa chamada sabedoria que com o passar dos anos se transformará em realização.

 

(Thiago Faria Nascimento)

                                       »»»»»»»«««««««

                                       »»»»»»»«««««««

Garrafa forrada a sarapilheira

 

publicado por artedasao às 10:59

Quarta-feira, 11 de Julho de 2012

Que a felicidade não dependa do tempo nem da paisagem, nem da sorte, nem do dinheiro. Que ela possa vir com toda a simplicidade de dentro para fora de cada um para todos. Que as pessoas tenham um amor ou sintam falta de não tê-lo. Que tenham um ideal e tenham medo de perdê-lo. Que amem ao próximo e respeitem sua dor, para que tenhamos certeza de que viver vale a pena.

 

(Letícia Domingueti)

                                       »»»»»»»«««««««

                                       »»»»»»»«««««««

 

publicado por artedasao às 16:19

Terça-feira, 10 de Julho de 2012

Dois...

Apenas dois.

Dois seres...

Dois objectos
patéticos.

Cursos paralelos

Frente a frente...

...Sempre...

...A se olharem...

Pensar talvez:

“Paralelos que se
encontram no infinito...”

No entanto sós por
enquanto.

Eternamente dois
apenas.

 

(Pablo Neruda)

                                  »»»»»»»«««««««

                                  »»»»»»»«««««««

publicado por artedasao às 12:22

Domingo, 08 de Julho de 2012

A lenda da bilha d’água (S. Jorge Batalha)

 

Estava mesmo muito calor

E o campo de batalha abrasador.

Graças à bilha d’água

Nós vencemos a batalha!

 

Se me derem atenção,

Conto tudo com emoção.

Estavam as tropas cheias de sede

E quase se encostavam às paredes.

 

Antão Vasques, o companheiro,

Foi procurar água no vale inteiro.

Procurou, procurou,

Mas nem uma gota encontrou.

 

Passado algum tempo,

Debaixo do calor e algum vento,

Encontrou uma camponesa.

Que grande aquela surpresa!

 

Ela tinha uma bilha portuguesa

E a Antão Vasques a deu com muita gentileza.

Quanto mais se bebia

Mais a bilha se enchia.

 

 

Retemperava as forças e a sede saciava

Aquela água tão fresca e aveludada.

Perderam os castelhanos, como a história nos contou,

Ganharam os portugueses e esta guerra acabou

 

Na capela de S. Jorge a bilha foi colocada

Para, ao longo dos tempos, a vitória ser lembrada.

 

(Mariana Henriques)

                                     »»»»»»»«««««««

                                     »»»»»»»«««««««

Uma das minhas primeiras pinturas a óleo (A Bilha ou Cântaro)

 

 

tags:
publicado por artedasao às 10:50

Sábado, 07 de Julho de 2012

Contemplo o lago mudo

Que a brisa estremece

Não sei se penso em tudo

Ou se o tudo me esquece

 

O lago nada me diz,

Não sinto a brisa mexe-lo

Não sei se sou feliz

Nem se desejo sê-lo

 

Trémulos vincos risonhos

Na água adormecida

Por que fiz eu dos sonhos

A minha única vida?

 

(Fernando Pessoa)

                                         »»»»»»»«««««««

                                         »»»»»»»«««««««

Pintura a retratar uma Lagoa na Serra da Estrela

 

 

publicado por artedasao às 10:32

Quinta-feira, 05 de Julho de 2012

Esta menina

tão pequenina

quer ser bailarina.

Não conhece nem dó nem ré

mas sabe ficar na ponta do pé.

 

Não conhece nem mi nem fá

Mas inclina o corpo para cá e para lá

 

Não conhece nem lá nem si,

mas fecha os olhos e sorri.

 

Roda, roda, roda, com os bracinhos no ar

e não fica tonta nem sai do lugar.

 

Põe no cabelo uma estrela e um véu

e diz que caiu do céu.

 

Esta menina

tão pequenina

quer ser bailarina.

 

Mas depois esquece todas as danças,

e também quer dormir como as outras crianças.

 

(Cecília Meireles)

                                 »»»»»»»«««««««

                                 »»»»»»»«««««««

Uma das minhas obras de 2012

 

publicado por artedasao às 11:57

Terça-feira, 29 de Maio de 2012

"Viver é desenhar sem borracha."

 

(Millor Fernandes)

                               »»»»»»»«««««««

                               »»»»»»»«««««««

Com Pintura e Arranjo Floral

 

publicado por artedasao às 20:22

Segunda-feira, 07 de Maio de 2012

"O mundo caminha. Quem parar será pisado

e o mundo continuará a caminhar."

 

(Jaime Balmes)

                                  >>>>>>><<<<<<<

 

 

                                   >>>>>>><<<<<<<

tags: ,
publicado por artedasao às 20:46

Sexta-feira, 04 de Maio de 2012

"Você é o criador.

Você é o responsável."

 

(Stephen Covey)


                   >>>>>>>>>><<<<<<<<<<

 

 

 

                           >>>>>>>>>><<<<<<<<<<

 

publicado por artedasao às 09:53

pesquisar
 
Abril 2015
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24

26
27
28
29
30


Últ. comentários
Olá Maria da Conceição!Encontrei ao acaso o seu bl...
Gostei imenso... De encontrar esses versos soltos ...
Maravilhosa tarde de segunda-feira para ti doce am...
Muito interessante!! Eu nunca tinha visto jarros c...
Uma fotografia muito linda!! Adoro pavões!!
Mais um belo poema e uma fotografia perfeita!!
Gostei muito deste poema!! Verdadeiramente encanta...
Muito linda
Ouvir o eco de nossas próprias palavras nos dá a i...
Belo poema, imagem ainda melhor!Dylan
Últ. comentários
Olá Maria da Conceição!Encontrei ao acaso o seu bl...
Gostei imenso... De encontrar esses versos soltos ...
Maravilhosa tarde de segunda-feira para ti doce am...
Muito interessante!! Eu nunca tinha visto jarros c...
Uma fotografia muito linda!! Adoro pavões!!
Mais um belo poema e uma fotografia perfeita!!
Gostei muito deste poema!! Verdadeiramente encanta...
Muito linda
Ouvir o eco de nossas próprias palavras nos dá a i...
Belo poema, imagem ainda melhor!Dylan
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro